Evite as principais causas do endividamento

post-endividamento

Uma pesquisa realizada pelo Banco Central do Brasil revelou as causas principais para o endividamento, segundo os próprios consumidores:

1) Fatos inesperados

Ocorrências como perda de emprego e renda, doença própria e/ou de familiares, morte do responsável pela maior parte da renda familiar, gravidez não programada ou separação conjugal levam as pessoas a não conseguirem controlar sua vida financeira.

2) Falta de planejamento financeiro

Compras por impulso, excesso de parcelamento de compras e uso de linhas de crédito de forma impulsiva e descontrolada é o segundo motivo para o endividamento.

3) Empréstimo do nome

Os entrevistados revelaram que retirar empréstimo e/ou financiamento em seu nome para terceiros ou emprestar seu cartão de crédito a outros é um passo para não conseguir pagar as contas em dia.

Ainda segundo a pesquisa, grande parte dos entrevistados só reconheceu o problema quando as cobranças começaram ou quando perceberam que não teriam dinheiro para honrar os compromissos assumidos e as contas mensais. Essa realidade nos mostra a falta de planejamento financeiro existente atualmente na população brasileira.

Apesar da situação extrema, os entrevistados relataram forte aprendizado na forma de lidar com o dinheiro. Após a experiência, foram adotadas práticas de organização financeira, como elaboração de planilhas de receitas e despesas, tentativa de poupança, planejamento das aquisições de maior valor e controle dos gastos feitos no cartão de crédito.

Leia também

thumb_141443800542
SERVICOOP em Novo Hamburgo

A SERVICOOP atende os servidores estaduais do Vale dos Sinos em amplas e modernas instalações. Em parceria com o SAÚDE PAS, a loja fica no Centro Comercial Via Lima e Silva (Rua Lima e Silva, 144). O Sistema SERVIPAS, formado pelas duas empresas, tem foco no mesmo público, e oferece soluções em importantes áreas da […]

Informe de Rendimentos – IRPF 2018

Seus informes de rendimentos para a Declaração de Ajuste Anual 2018 – Ano Base 2017 já se encontram disponíveis nos seguintes links.